O SOL NÃO ESCOLHE BRILHAR, ELE SIMPLESMENTE BRILHA

O SOL NÃO ESCOLHE BRILHAR, ELE SIMPLESMENTE BRILHA

Acaso um homem, revoltado ou envergonhado frente a toda a luz do sol, poderia apagá-la?

O homem pode esconder o rosto, abrigar-se, fugir ou mesmo buscar a escuridão, mas não pode apagar o Sol.

Da mesma forma, é o amor verdadeiro.
O amor verdadeiro resplandece como estrela nos céus, irradiando o sentimento para aquele ou aquela a quem se dedica.

Assim como a luz viaja por milhares de anos pelo espaço, o amor verdadeiro permanece no universo pela eternidade.

O amor verdadeiro é como ponte sólida, que une almas e permite a comunhão de suas essências.

Assim como pode o homem esconder-se da luz do sol, o amado ou amada pode evitar o amor verdadeiro.
Pode fugir, lançar-se às trevas.

Mas, pergunta-se:
por que razão haveria no homem o desejo da permanecer nas trevas, onde só a tristeza o acompanha?
Da mesma forma, por que razão o homem ou mulher amada deveria fugir do amor, buscando a solidão e a superficialidade?

O homem pode até viver sem o sol, mas assim sua vida é pesar.
O homem pode até viver sem o amor, mas assim a sua vida é tristeza.

Ame verdadeiramente, mesmo que o seu amor não seja acolhido.
O sol pode ser evitado por aqueles que não estão prontos para vê-lo, mas nem por isso pára de brilhar.

Ame e brilhe.

por: M. Shamash

About these ads
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s