MATA-MATA

MATA-MATA

Este slideshow necessita de JavaScript.

A América do Sul é um subcontinente rico em espécies animal e vegetal, são diversas espécies, cada uma com sua diferença que ajuda a estabilizar o meio ambiente.
A fauna e a flora das florestas tropicais são muito cobiçadas, e vivem em constante perigo.
Esse ambiente é berço de mamíferos, aves e répteis como a famosa tartaruga Mata-Mata.
Esse Quelônio da família Chelidae é um animalzinho de aparência estranha, mas muito interessante, que pode viver até 35 anos.
O Animal, Mata-Mata

Na verdade o Mata-Mata é um cágado, conhecido cientificamente como Chelus Fimbriatus, um réptil semi-aquático, que vive em água doce.
É um animal de aparência única, ou seja, não é possível confundido com qualquer outro cágado ou tartaruga.

A carapaça (casco que protege o frágil corpo) em geral é preta, podendo ter a cor amarronzada, e chegar à até 50 cm de comprimento. A couraça não tem articulações, e é menor.

A cabeça é totalmente diferente, tem formato triangular, é achatada, e possui pequenas puxadas de pele, que se parecem espinhos, formando uma ranja ao redor da cabeça.
Sua aparência “bem diferente” a ajuda na camuflagem, evitando os perigos se disfarçando entre as folhagens.

As patas são bem fortes com membranas para nadar e 5 garras bem afiadas, que utiliza para andar sobre a terra e atacar suas presas.
Seu pescoço é mais comprido que a carapaça, os machos possuem caudas também compridas.
Habitat, Características

São encontradas em diversos países da América do Sul, entre eles o Brasil e a Colômbia. Gostam de lagos, rios e pântanos calmos, lugares rasos para que possam subir freqüentemente para respirar.
Não gosta do sol, e se mantém o maior tempo possível imóvel no fundo do rio, rastejando-se por ele, é muito fácil confundi-as com galhos e pedras no fundo do rio.
Como se Alimenta

Diferente de outros cágados, o Chelus Fimbriatus é totalmente carnívoro, gosta especialmente de pequenos peixes, mas se alimenta também de outros animais invertebrados que se encontram na água.

Seu ato predatório é simples ela se fixa no fundo do lago ou pântano que estiver, se misturando com o ambiente, fica imóvel, até que o peixe se aproxime o suficiente para que ela ataque.
Seu ataque é rápido, ela impulsiona rapidamente a cabeça para fora da carapaça abrindo ao máximo a sua enorme boca, e gera uma pressão na água, que leva o peixe diretamente para sua boca, engolindo-o em seguida.
Acasalamento e Reprodução

Esse curioso animal, quando entra no cio, faz como todo macho, fazem de tudo para se mostrar para as fêmeas, estendendo seu membros.
As fêmeas podem colocar até 28 ovos, e assim como diversos filhotes de ouras espécies, nascem de cor rosada, mas já com as características de uma tartaruga Mata-Mata.

Fernando Moreira

Anúncios

Sobre Junior

Cristão, amante da Natureza, de bem com a vida, feliz por trabalhar com prazer
Esse post foi publicado em Histórias de Tartarugas, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s