SALTO SIGNIFICATIVO NA INTERNET DAS UNIVERSIDADES

SALTO SIGNIFICATIVO NA INTERNET DAS UNIVERSIDADES

Infraestrutura de rede terá capacidade quase ilimitada nas universidades

RNP e Fapepi farão a entrega da nova capacidade da Rede Ipê na próxima terça-feira (20).

Na próxima terça-feira (20), o diretor geral da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Nelson Simões, estará em Teresina para fazer a entrega da nova capacidade da Rede Ipê, que é uma infraestrutura de rede Internet voltada para a comunidade brasileira de ensino e pesquisa. A nova capacidade passará de 34Mbps (Megabits por segundo) para 3Gbps (Gigabits por segundo), um salto significativo. A cerimônia de entrega da Rede Ipê acontecerá no Salão Nobre da Reitoria da UFPI, às 9h30 da manhã.

A rede Ipê é a primeira rede óptica nacional acadêmica da América Latina, inaugurada pela RNP em 2005. O backbone da rede foi projetado para garantir não só a largura de banda necessária ao tráfego de internet usual (navegação web, correio eletrônico, transferência de arquivos), mas também o uso de aplicações avançadas e a experimentação, como serviço VoIP, Videoconferência, Webconferência, dentre outros. A infraestrutura engloba 27 Pontos de Presença (PoPs), um em cada unidade da federação, além de ramificações para atender mais de 500 instituições de ensino e pesquisa em todo o país, beneficiando mais de 3,5 milhões de usuários.

No Piauí, a Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapepi) abriga o PoP, que fornece desde os anos 90 uma infraestrutura avançada de serviços de rede para as seguintes instituições na capital e interior: UFPI, UESPI, Embrapa, IFPI e Univasf. A cerimônia terá a presença do reitor da UFPI, Luís Santos Júnior, da presidente da Fapepi, Bárbara Melo, dos coordenadores e técnicos do PoP-PI e instituições convidadas.

Bárbara Melo destacou que a nova capacidade a ser operada representa “ganho de tempo, velocidade, e, portanto, uma melhoria substancial no desenvolvimento pesquisas, facilitando os trabalhos de pesquisadores, professores e estudantes nestas instituições envolvidas”. O coordenador técnico do PoP-PI, Xavier Filho, disse que a entrega da nova capacidade da Rede Ipê é, antes de mais nada, um salto na qualidade para o desenvolvimento tecnológico de novos protocolos, serviços e aplicações de redes. Em 2010, a Rede Ipê atingiu a capacidade agregada de 233,2 Gbps, um aumento de 280% em relação à capacidade agregada anterior. Nesta nova rede, que é a sexta geração do backbone operado pela RNP, as velocidades multigigabits (acima de 1 Gbps) estão disponíveis para 24 dos 27 PoPs. A ampliação foi resultado de acordo de cooperação com a empresa de telecomunicações Oi, que provém à RNP infraestrutura de transmissão em fibras ópticas para uso não-comercial e participa de projetos de Pesquisa & Desenvolvimento.

Paralelo à melhoria da capacidade da infraestrutura da Rede Ipê, a RNP está implantando em todas as capitais do País a Redecomep. No Piauí ela é denominada Rede POTI. A grande vantagem desta rede para o estado é a possibilidade de fornecer infraestrutura de fibra óptica, visando interligar as instituições de pesquisa e educação superior, proporcionando uma economia significativa nos custos com a infraestrutura de acesso à internet, bem como a qualidade do acesso.

Fonte: Ascom da Fapepi

Anúncios

Sobre Junior

Cristão, amante da Natureza, de bem com a vida, feliz por trabalhar com prazer
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s