SATÉLITE DEVE CAIR NA TERRA AMANHÃ – HUGE NASA SATELLITE FALLING TO EARTH IS LARGEST IN 30 YEARS

SATÉLITE DEVE CAIR NA TERRA AMANHÃ – HUGE NASA SATELLITE FALLING TO EARTH IS LARGEST IN 30 YEARS

Por Stephanie D’Ornelas em 22.09.2011 as 13:18

Quem pesquisa um pouco sobre veículos espaciais logo descobre que os satélites, assim como os foguetes ou qualquer aparelho usado por agências como a NASA, têm vida útil. O fim desse período, no entanto, pode sair um pouco do planejado. Amanhã, dia 23 de setembro, um satélite lançado em 1991 deve voltar descontrolado à atmosfera terrestre.

O satélite em questão é chamado de UARS (sigla em inglês para “Satélite de Pesquisas da Atmosfera Superior”), e foi colocado em órbita há vinte anos com a missão de passar informações sobre a camada de ozônio e inferir alguns processos climáticos da Terra. Deveria passar apenas três anos trabalhando, mas ficou operando até 2005, quando foi desativado. Seis anos depois, ele vai entrar pela atmosfera e se decompor em cerca de 26 pedaços. A NASA não pode fazer nada senão tentar prever onde as partes do satélite vão cair.

Os cientistas afirmam que isso não é motivo para alarme. As chances de alguma parte do UARS cair em cima de uma área habitada do planeta, segundo cálculos, são de uma em 3.200. A probabilidade de um pedaço do satélite cair em cima de você, especificamente, é de uma em trilhões. Pode dormir sossegado.

Segundo os cientistas da NASA, será a primeira vez que isso acontece em mais de 30 anos. A última vez em que um satélite artificial voltou ao planeta fora de controle foi em 1979. O normal é que a NASA consiga operar a reentrada segura na atmosfera, o que não aconteceu com o satélite Pegasus 2 há trinta e dois anos e não vai ocorrer agora. Na ocasião, partes do Pegasus caíram no Oceano índico e outras em áreas desabitadas da Austrália.

Nunca houve vítimas fatais, em terra, de uma reentrada imprevista na atmosfera. Em 2003, catorze astronautas morreram em um acidente com o ônibus espacial Columbia, no qual pedaços da nave caíram no Texas, mas ninguém foi atingido por partes do veículo. Desta vez, a previsão – ainda inexata – é que a maior parte do UARS caia em áreas remotas ao norte do Canadá.

O equipamento que vai voltar ao planeta em breve pesa seis toneladas, mede 10,7 metros de comprimento e 4,5 metros de largura. A reentrada deve acontecer em uma velocidade superior a 800 km/h. Os cientistas haviam previsto, anteriormente, que o UARS só cairia em outubro, mas a volta à atmosfera acabou tendo uma evolução mais acelerada que o esperado.

Fonte:  http://hypescience.com/

HUGE NASA SATELLITE FALLING TO EARTH IS LARGEST IN 30 YEARS

NASA’s Upper Atmosphere Research Satellite, or UARS, is expected to plunge toward Earth sometime around Friday (Sept. 23), based on the latest estimates by the agency’s orbital debris experts.

To read the full story click here

[LiveScience]

Anúncios

Sobre Junior

Cristão, amante da Natureza, de bem com a vida, feliz por trabalhar com prazer
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s