COMO LIDAR COM A ANSIEDADE

COMO LIDAR COM A ANSIEDADE

E l e n i  G r i t z a p i s

A ansiedade prepara o indivíduo para lidar com
situações potencialmente danosas, como punições
ou privações, ou qualquer ameaça à unidade
ou integridade pessoal, tanto física quanto
moral. É uma reação natural e necessária para
a autopreservação. “É um estado normal, o que
não quer dizer que seja natural”, explica a coordenadora
do grupo de atendimento às gestantes da
AME-MG, Eliete Gomes Parente.
O estresse da vida moderna, no entanto, tem
causado o aumento desproporcional de quadros
de ansiedade nos pacientes. E foi com base nessa
constatação que a assistente social, terapeuta
em medicina chinesa e em Medicina Ayurveda
apresentou, durante o Mednesp 2011, o painel
Lidando com a Ansiedade. Na entrevista abaixo,
Eliete fala sobre esse transtorno e como o conhecimento
da doutrina espírita pode ajudar a
controlá-la.
O que é ansiedade e qual o impacto no dia a dia?
Ansiedade é um estado de constante espera,
de busca e de expectativa. Dependendo do modo
como a pessoa a vivencia, ela pode repercutir
de forma positiva ou negativa. Se pensarmos a
ansiedade como uma manifestação do desejo do
sujeito em buscar novos horizontes, ela repercutirá
de forma positiva. Mas se deixarmos que nos tire do
nosso hoje, provocará em nós um estado de irritabilidade,
de preocupação e de falta de concentração
em nós mesmos.
Estes estados negativos de nada adiantarão, pois
a vida não responde dessa forma, uma vez tudo que
a rege é a Lei de Amor, do Equilíbrio e Harmonia. Ao
contrário, tudo isso nos impedirá de sermos agentes
de nossa transformação, tirando-nos a capacidade
de criar, de transformar e de conviver conosco mesmo.
“A ansiedade alonga o tempo e causa solidão.”
A ansiedade é um estado normal, o que não quer
dizer que seja natural. Todo mundo fica ansioso em
alguns momentos, por situações diversas. Dependendo
da intensidade dessa emoção, ela pode nos
tirar do presente e do nosso caminho de mudanças
e de transformação. É no presente que temos a
oportunidade de fazer valer a nossa estadia nessa
vida.
Qual a melhor forma de lidar e controlar a ansiedade?
É necessário, em princípio, identificar a ansiedade
e não negá-la, para depois saber qual seria a melhor
forma de lidar ou de dar solução para a situação
que a gerou. Acredito que o primeiro passo é se
aquietar, para ouvir o que essa emoção está lhe
dizendo.
Não existe uma única forma de resolver a
ansiedade. Propomos repensar o modo como
vivemos e, com isso, descobrirmos nossa responsabilidade
na reconstrução da nossa história.
Mas como podemos aliviá-la no dia a dia?
Alguns movimentos corporais podem ser benéficos
para a maioria das pessoas, na medida em
que proporcionam um estado de relaxamento e
uma possibilidade de minorar o sofrimento que
a ansiedade muitas vezes causa. O importante
não é a atividade em si, mas a chance de sentir
as sensações que são despertadas com os movimentos.
Eis alguns deles:
– Ao levantar, fazer exercícios de alongamento.
– Prestar atenção nos movimentos do corpo ao
espreguiçar-se.
– Fazer automassagem. Por exemplo: coce a
cabeça, abra e feche as mãos, faça movimentos
circulares com os pés, espiche as pernas e os braços.
– Fazer pequenos exercícios respiratórios: pare
algumas vezes no dia e preste atenção em sua
respiração. Os movimentos de inspirar e expirar
acalmam os pensamentos.
– Técnicas de ioga, acupuntura e meditação são
de grande auxílio.
Há também outras ações que poderão nos auxiliar:
– Dimensionar melhor o trabalho, de modo que
ele não seja um fator a nos tirar do presente.
– Conversar mais com as pessoas. Falar sobre
a sua ansiedade. À medida que falamos, vamos
organizando melhor nossa expressão emocional
e temos a possibilidade de visualizar que muitas
coisas que nos fazem sofrer não estão no campo
real e sim no imaginário. E mesmo em situações
que sejam mais sofridas, atravessá-las exige serenidade.
– Preparar-se para dormir: leitura edificante é
um bom meio para relaxar, proporcionando adequada
conciliação com o sono e desencadeando
um descanso satisfatório do corpo e do espírito.
Quanto o autoconhecimento pode auxiliar os
ansiosos?
O que nos assegura e nos traz a tranquilidade
mais duradora certamente passa pelo processo
de autoconhecimento. Quanto mais nos conhecermos,
maior a facilidade de identificar nossas
fragilidades e os recursos que possuímos, ou precisamos
desenvolver, para superá-las.
Como aprender a fazer escolhas para ajudar no controle da ansiedade?
Acredito que a primeira ação deva ser estar
sempre atento a si mesmo. Tentarmos ser mais
flexíveis na vida. Adicionar em nossa rotina momentos
que possam nos dar prazer e que nos
proporcionem alegrias também pode nos ajudar
nesse controle.
O espírito Hammed nos adverte: “A tua
ansiedade não mudará o curso da natureza.
Tudo acontece naturalmente, visto que as Leis
Naturais ou Divinas não promovem saltos nem
extrapolam nos ditames estabelecidos por Deus,
inseridos nelas mesmas (…) Não tentes mudar a
sequência dos fatos. Existem etapas regidas por
ciclos evolutivos que são, em verdade, o processo
espiritual de desenvolvimento de cada um.(…)
Cada fase antecede a outra; portanto, tudo está
equilibrado harmonicamente pelas normas do
Poder Divino”.
Seguir o fluxo da vida, sem ocupar-se previamente
com as situações, para não haver desgaste
energético desnecessário. Isso significa
utilizar a paciência como instrumento de auxílio
na caminhada, onde o passo a passo nos trará a
serenidade de que tanto precisamos.
Quais as contribuições da doutrina espírita
para nos tornamos menos ansiosos?
A Doutrina Espírita vem contribuir conosco de
várias maneiras, mas, principalmente, quando,
através do conhecimento da sobrevivência da
alma após a morte física, nos mostra a continuidade
da vida, a transitoriedade do nosso corpo
e a perenidade da vida. E dessa forma evidencia
que não é necessário a aflição na resolução de
determinados fatos.
Quais recursos da prática espírita podemos utilizar
para melhor lidar com a ansiedade? Por que
e de que forma elas contribuem?
Os recursos são variados, mas pensamos em
dois mais específicos: a terapêutica do passe e da
água fluidificada, como mecanismos de atuação
muito precisos no auxílio na busca de equilíbrio
de nossas ansiedades. Esses dois recursos possibilitam
a mudança da frequência de energia
instalada em nós, trazendo equilíbrio e harmonia
interna e, consequentemente, diminuindo nossa
ansiedade.
Mas cremos, ainda, numa outra prática espírita
que acreditamos ser de grande valia, pois possibi-
lita
que alimente a nossa luz interna, fazendo resplandecer
em nós e de nós a realidade espiritual
de que somos portadores. Trata-se da atividade
de “encontro com o outro”, comumente nomeada
como “tarefa” entre os espíritas; mas que
deve ser compreendida como toda possibilidade
de auxílio e cooperação com o Bem. Os efeitos
benéficos desse tipo de lógica de viver podem
ser explicados do seguinte modo: quando saímos
um pouco de nós e vamos ao encontro de nossos
irmãos, na intenção de auxiliá-los, as movimentações
energéticas em nosso espírito são enormes,
produzem uma mudança energética, dissipando
em nossa intimidade as nossas aflições e nos
oferecendo uma oportunidade na mudança do
nosso padrão vibratório. Além disso, possibilita a
ampliação de nossa compreensão da realidade,
por incluir aí a realidade do “Amor ao próximo
como a si mesmo”, constituindo a Lei da Vida
que rege nossa existência, seja na experiência da
vida no plano físico ou no plano espiritual.

Referências Bibliográficas
CALDAS, Suely Caldas. Jesus e a inteligência
emocional.
FRANCO, Divaldo Pereira (Espírito Joanna de
Angelis). Homem integral.
KARDEC, Allan. O livro dos espíritos.
REVISTA Fraternidade. Deixe claro para seu
filho. mar. 2002.SANTO, Francisco do Espírito
Santo (Espírito Hammed). As dores da alma.
______. Renovando – vida feliz. (E). Mensagem
psicografada pelo médium.
VISCOTT, David. A linguagem dos sentimentos.
Summus Editorial.

Fonte: AME – Saúde e Espiritualidade

Anúncios

Sobre Junior

Cristão, amante da Natureza, de bem com a vida, feliz por trabalhar com prazer
Esse post foi publicado em Cuide bem da Saúde e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s